Home »

  Seja Sócio  |  Blog Oficial  |  Loja Online   

 

Em meio a crise financeira, prefeito de Santa Rita anuncia novos secretários

Nomes de Rodrigo Neves e Glauco Morais foram inseridos no Diário Oficial de Santa Rita; novo secretário informou que só poderá trabalhar com ações pontuais, devido à crise

Mais política | Em 07/01/15 às 22h34, atualizado em 08/01/15 às 00h13 | Por Gustavo Medeiros
Reprodução/Montagem - Portal Correio
Glauco Morais e Rodrigo Neves foram anunciados

 

Após reassumir o mandato na Prefeitura Municipal de Santa Rita, na Grande João Pessoa, Reginaldo Pereira, segundo o próprio já declarou, encontrou uma situação financeira bastante difícil. Para reequilibrar as contas do município, já anunciou que secretários trabalhão de graça por três meses e servidores terão salários atrasados. No entanto, apesar desse panorama, o prefeito anunciou dois auxiliares nesta quarta-feira (7). Rodrigo Neves assume a pasta de Cultura, Esporte e Turismo, enquanto Glauco Morais fica com a Secretaria de Agricultura.
 

Leia Também:

* Lixo é deixado na frente da Prefeitura de Santa Rita e Reginaldo culpa oposição
 

As nomeações foram confirmadas por Rodrigo Neves, que tem ligações políticas com o grupo de Veneziano e Vital do Rêgo Filho. Ele informou que os nomes já foram publicados no Diário Oficial de Santa Rita. Ele comentou como é assumir o posto sabendo das dificuldades que enfrentará: 

“É complicado, mas o prefeito teve a confiança em mim. Fui hoje na sede da secretaria para saber como está a situação e quais medidas emergenciais devemos tomar”, disse. 

Leia mais notícias de Política no Portal Correio 

O novo secretário disse que, diante das condições, apenas intervenções pontuais poderão ser feitas. Como exemplos de focos de ações, citou problemas estruturais em ginásios, quadras poliesportivas e no balneário de águas minerais. Neste último, segundo ele, existem instalações em condições “lastimáveis”, justamente na época em que há maior frequência de pessoas.

Rodrigo Neves é bacharel em direito e já atuou na esfera política como assessor parlamentar no Senado Federal, mas, segundo ele, é a primeira vez que assume um cargo no executivo.

“Tenho uma profunda ligação com o esporte. Participei de atividades desta esfera durante minha vida toda como tenista, tendo também sempre acompanhado os acontecimentos esportivos locais”, concluiu o novo secretário.

Não foi possível estabelecer contato com Glauco Morais e Reginaldo Pereira, mas o prefeito havia dito, em entrevista concedida nesta quarta ao programa Correio Debate, da 98 FM Correio, quando questionado sobre as dificuldades financeiras, que a prioridade da gestão é atualizar a folha de pagamento dos servidores públicos, que estão com o mês de dezembro de salário atrasado.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

Lixo é deixado na frente da Prefeitura de Santa Rita e Reginaldo culpa oposição

Segundo o gestor, o governo municipal precisa de prazo para contratar o serviço de coleta em caráter emergencial

Mais política | Em 07/01/15 às 14h17, atualizado em 07/01/15 às 21h54 | Por Naira Di Lorenzo
Reprodução/Expresso PB
Lixo é deixado na frente da prefeitura

 

A frente da Prefeitura de Santa Rita amanheceu tomada por lixo nesta quarta-feira (7). Moradores da cidade estão há dias sem coleta dos resíduos e reclamam da falta de serviço. O prefeito Reginaldo Pereira justificou que esse é um problema deixado por Netinho de Várzea, que ficou no comando da prefeitura por nove meses.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

Segundo ele, o governo municipal precisa de prazo para contratar o serviço de coleta em caráter emergencial e acusou a oposição de ter deixado o lixo na frente da prefeitura. 

“Eu não posso contratar uma empresa emergencial do dia para noite, tem que ter prazo para fazer licitação. Agora é triste colocar o lixo na rua, tem que conseguir uns caminhões particulares para tirar o lixo. Hoje os nossos adversários mandaram colocaram uma carrada de lixo na porta da prefeitura, isso não é procedimento. Estamos encaminhando tudo ao Ministério Público para mostrar a nossa realidade com transparecia”, disse o prefeito em entrevista ao programa Correio Debate, da 98 FM.

O prefeito disse que a prioridade da gestão é atualizar a folha de pagamento dos servidores públicos que estão com o mês de dezembro de salário atrasado.

“Estou fazendo um levantamento de todas as secretarias e só tem uma promessa: o servidor público sabe que eu não vou pagar nada a ninguém antes de atualizar a folha. Estou pagando o estritamente necessário”, contou. 

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

06/01/2015 15h25 - Atualizado em 06/01/2015 15h48

Protesto de servidores de Santa Rita para trânsito na BR-230, na Paraíba

Trecho do Km 35 da rodovia ficou interditada por cerca de uma hora.
Prefeitura diz que regulariza pagamento de salários até dia 10.

 

Do G1 PB

Servidores da prefeitura de Santa Rita em protesto interditam trecho da BR-230, na Paraíba (Foto: Walter Paparazzo/G1)No protesto servidores usaram pneus e troncos de árvores queimados para interditar trecho da BR-230.
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um protesto foi realizado na manhã desta terça-feira (6), por um grupo de servidores da prefeitura de Santa Rita, que interditaram por aproximadamente uma hora o km 35 da BR-230, no trecho próximo à bifurcação entre os municípios de Bayeux e Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. De acordo com as informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo protestava contra o atraso no pagamento de salários.

O protesto, segundo a PRF, foi iniciado aproximadamente às 11h40, quando foram colocados pneus e troncos de árvores queimados no meio da pista, impedindo a passagem de veículos no local, ocasionando uma longa fila de congestionamento. O trânsito só foi liberado uma hora depois do início da manifestação.

Segundo a secretária municipal de finanças de Santa Rita, Vera Lúcia Gomes de Lima Costa, o salário de dezembro vai ser pago na sexta-feira (10), mas, ela ressaltou que a prefeitura está dentro do prazo que é o quinto dia útil do mês. Ainda segundo ela, junto com o pagamento de dezembro vai ser pago a diferença do 13º salário  dos servidores da saúde.

Fonte: G1 PB

 

05/01/2015 19h21 - Atualizado em 05/01/2015 19h21

Caminhão bate na traseira de outro na BR-230, na PB, e homem fica ferido

Passageiro do caminhão que seguia atrás ficou preso nas ferragens.
Via foi interditada e agentes da PRF orientam motoristas.

 

Do G1 PB

Caminhão reduziu velocidade e veículo que seguia atrás não conseguiu frear. (Foto: Walter Paparazzo/G1)Caminhão reduziu velocidade e veículo que seguia atrás não conseguiu frear. (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Um acidente envolvendo dois caminhões deixou uma pessoa ferida na tarde desta segunda-feira (5) na BR-230 em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um caminhão teria freado e o outro colidiu na traseira dele.

O acidente aconteceu por volta das 16h40 (horário local), no sentido João Pessoa - Campina Grande. Ainda segundo a PRF, o veículo que seguia na frente teria reduzido a velocidade, e o motorista do caminhão que seguia atrás não conseguiu frear e bateu na traseira do outro veículo. Com o impacto, o passageiro do caminhão que seguia atrás ficou preso pelo pé nas ferragens do veículo.

Trânsito ficou lento no sentido João Pessoa - Campina Grande. (Foto: Walter Paparazzo/G1)Trânsito ficou lento no sentido João Pessoa - Campina Grande. (Foto: Walter Paparazzo/G1)

O homem foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital Ortotrauma de Mangabeira, com um ferimento no tornozelo. Até as 17h50 (horário local), o trânsito permanecia interditado em uma das vias e agentes da PRF estavam no local orientando os motoristas.

Fonte: G1 PB


 

Saúde diz que não recebeu 13º e vai protestar em Santa Rita; prefeitura explica

Servidores preparam manifestação no Centro de Santa Rita; gestão do Município diz que vai se reunir e anuncia que pagamentos serão feitos no quinto dia útil de janeiro

Cidades | Em 03/01/15 às 12h55, atualizado em 03/01/15 às 13h03 | Por Alisson Correia
Portal Correio
Reginaldo Pereira

 

Servidores da Saúde Municipal de Santa Rita, na Grande João Pessoa, estão preparando uma manifestação na cidade, para ocorrer a partir das 9h desta segunda-feira (5), no Centro.

Leia mais Notícias no Portal Correio


De acordo com o Sindicato dos Servidores Municipais de Santa Rita (Sinfesa), será feita uma passeata que vai sair da sede do sindicato, após a assembleia, em direção à Secretaria Municipal de Administração, onde haverá um ato em defesa dos servidores e de cobrança do pagamento do 13º salário da categoria, que, segundo os profissionais, não teria sido pago. 

A Prefeitura de Santa Rita alega que está com verbas bloqueadas pelo Tribunal de Contas do Estado e que o prefeito Reginaldo Pereira está resolvendo as pendências para normalizar os pagamentos até o quinto dia útil de janeiro.

Segundo a assessoria de comunicação da gestão, o ex-prefeito da cidade, Netinho, teria deixado várias irregularidades que comprometeram o orçamento do Município.

A assessoria finalizou dizendo que vai convocar os profissionais da Saúde para uma reunião, na qual será debatido o problema.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

TJPB nega agravo e mantém presidente da Câmara de Santa Rita no cargo

No agravo era alegado que a sessão que elegeu Bebé existiu irregularidade e pedia que a eleição realizada em 16 de dezembro

Mais política | Em 30/12/14 às 14h15, atualizado em 30/12/14 às 14h17 | Por Redação
Tribunal de Justiça
José Ricardo Porto

 

O desembargador José Ricardo Porto, do Tribunal de Justiça da Paraíba, negou nessa segunda-feira (29) um agravo de instrumento impetrado por vereadores da Câmara Municipal de Santa Rita, Alves de Miranda Filho e Joselito Carneiro de Morais, contra a eleição antecipada que colocou o vereador Waldecir Lucinho (Bebé) no cargo de presidente da Casa para o biênico de 2015/2016.

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

A Câmara chegou a anular eleição antecipada, realizada em fevereiro, após a mudança do prefeito da cidade. Antes a maioria dos vereadores estavam aliados ao então prefeito Netinho de Várzea e elegeram Bebé, mas com o retorno de Reginaldo Pereira para a prefeitura os parlamentares mudaram de posição e tentam na justiça tira o presidente da Câmara do cargo.

No agravo era alegado que a sessão que elegeu Bebé existiu irregularidade e pedia que a eleição realizada em 16 de dezembro, e que escolheu Anésio Miranda como novo presidente da Câmara fosse validada. Mas o desembargador entendeu que a eleição di dia 16 não contemplou um prazo mínimo de 24 horas para a apresentação de outras chapas, encontrado assim, irregularidade no pleito.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

27/12/2014 13h26 - Atualizado em 27/12/2014 15h56

Adolescente é detido suspeito de matar jovem a tiros em Santa Rita, PB

Adolescente saiu há dois meses do sistema de medida sócio educativa.
Ele foi detido em casa, perto de onde a vítima morava e foi morta.

 

Do G1 PB

 

 Um jovem de 18 anos foi morto a tiros dentro de casa na noite de sexta-feira (26) no bairro de Tibiri, em Santa Rita, na região metropolitana de João Pessoa. Um adolescente suspeito de ser o autor do crime foi detido na casa em que mora, próximo da casa da vítima. Segundo a polícia, o adolescente já cumpriu medidas sócio educativas no Centro de Educação do Adolescente (CEA), de onde saiu há dois meses.

Segundo o delegado Paulo Josafá, testemunhas contaram que uma dupla chegou na frente da casa e mandou os vizinhos, que estavam sentados na calçada, entrarem. Depois disso, eles pularam o muro da casa da vítima e atiram. Cinco tiros atingiram a cabeça do jovem, que morreu no local.

Junto com o adolescente detido, a polícia encontrou um revólver. “A família dele disse que ele portava sempre uma arma, que não dispensava essa arma”, contou o delegado. A polícia acredita que a arma encontrada com ele tenha sido usada no crime.

Fonte: G1 PB

 

Ministro do STJ nega recurso e mantém Reginaldo Pereira como prefeito de Santa Rita

Recurso protocolado pelo ex-prefeito de Santa Rita e pela Câmara Municipal pedia a suspensão da liminar que levou Reginaldo Pereira (PRP) de volta à prefeitura

Mais política | Em 26/12/14 às 22h30, atualizado em 26/12/14 às 22h32 | Por Redação
Portal Correio
Reginaldo Pereira

 

O ministro Francisco Falcão, relator do pedido da Câmara de Santa Rita e do vice-prefeito Netinho de Várzea Nova (PR) decidiu nesta sexta-feira (26), negar o recurso protocolado pelo ex-prefeito de Santa Rita e pela Câmara Municipal pedindo a suspensão da liminar que levou Reginaldo Pereira (PRP) de volta à prefeitura.

Leia mais notícias de Política no Portal Correio

Com a decisão do ministro, o atual prefeito do município, Reginaldo Pereira, vai continuar no cargo.

A publicação integral da decisão do ministro está prevista para o dia 2 de fevereiro.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

Prefeito de Santa Rita volta atrás e decide pagar 13º a servidores

Salário extra pode ser pago devido ao repasse da União ao Fundo de Participação dos Municípios

Gestão | Em 24/12/14 às 12h12, atualizado em 24/12/14 às 12h24 | Por Redação
Portal Correio
Reginaldo Pereira

 

O prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRP), decidiu pagar o décimo terceiro salário dos servidores municípios, mesmo tendo declarado na segunda-feira (22) que a prefeitura não tinha dinheiro em caixa para quitar o pagamento. 

Leia mais notícias de Política do Portal Correio

O salário extra pode ser pago devido ao repasse da União ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM), creditado nessa terça-feira (23) na conta da prefeitura, conforme informou o secretário de Comunicação, Carlos Ferreira da Nóbrega Neto.

Com a verba o prefeito pagou a segunda parcela dos funcionários da Educação e o valor completo do décimo terceiro dos demais servidores municipais.

Fonte: Portal Correio da Paraíba

 

22/12/2014 14h24 - Atualizado em 22/12/2014 15h01

Prefeito de Santa Rita, na PB, anuncia esposa como secretária de Finanças

Em entrevista coletiva, Reginaldo Pereira anunciou novo secretariado. 
Prefeito informou que fará cortes de gastos.

 

Do G1 PB

Reginaldo Pereira, ex-prefeito de Santa Rita  (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)Reginaldo Pereira, ex-prefeito de Santa Rita
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

O prefeito de Santa Rita, Reginaldo Pereira (PRP), anunciou na manhã desta segunda-feira (22) alguns nomes que vão compor o seu secretariado e informou que vai diminuir o número de secretarias para conter gastos.

Entre os nomes durante a coletiva de imprensa está a esposa dele, Vera Lúcia Gomes de Lima, que vai assumir a secretaria de Finanças. Segundo Reginaldo Pereira, a nomeação de um familiar para cargo de secretário não caracteriza nepotismo. "De acordo com a jurisprudência do tribunal, esposa em cargo de secretário não é nepotismo. Eu digo que nepotismo é quando você bota um familiar pra ganhar dinheiro sem trabalhar", disse Reginaldo, que também nomeou uma cunhada para a sua equipe.

Segundo Reginaldo Pereira, A preocupação maior é com o pagamento de dezembro e o 13º do funcionalismo municipal. Segundo ele, não há garantias de que os servidores receberão os salários dentro do mês trabalhado. "Vou fazer todo esforço para ver se consigo atualizar", afirmou.
 

 

Ele informou que fez uma proposta aos secretários para que abrissem mão de receber os salários por três meses, até conseguir equilibrar as finanças do município. "Nós estamos convidando os futuros secretários e estamos perguntando se eles são capaz de abrir mão de pelo menos três meses de salários. A gente precisa resolver o problema emergencial que é pagar o servidor público", destacou.

Reginaldo Pereira foi empossado novamente na semana passada e estava fora da prefeitura desde que teve o mandato cassado pela Câmara de Vereadores, há oito meses. Em seu primeiro ato ao retomar o comando da cidade, o prefeito exonerou todo o secretariado e informou que vai fazer uma auditoria nas contas da prefeitura.

Retorno à prefeitura
Reginaldo Pereira voltou à prefeitura de Santa Rita, na região metropolitana da capital, após decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB). O juiz convocado Aluízio Bezerra Filho deferiu, na tarde de quinta-feira (18), uma liminar determinando a volta imediata do gestor ao cargo.

Aluísio acolheu um pedido de reconsideração, em um agravo de instrumento, movido pela defesa de Reginaldo. Na decisão ele reviu todo o processo que resultou na cassação do mandato do prefeito, em abril, e identificou uma série de erros durante a tramitação na Câmara Municipal. Entre elas, o magistrado aponta que os vereadores não poderiam ter realizado a sessão sem a presença de um advogado do gestor.

Nesta sexta-feira (19) o desembargador José Ricardo Porto, do TJPB, negou um novo pedido da defesa de Severino Alves Barbosa Filho, o Netinho de Várzea Nova (PR), para reassumir o cargo de prefeito. Netinho assumiu a prefeitura após a cassação de Reginaldo. A reportagem tentou contato com o advogado que representa Netinho, mas ele não atendeu as ligações.

"Equívoco"
Na terça-feira (16), os vereadores de Santa Rita decidiram anular a cassação do mandato de Reginaldo Pereira, sob a alegação de que tinham cometido um equívoco, pois os processos tinham erros. Ele reassumiu a administração municipal durante a tarde do mesmo dia, com um discurso de que não guardava mágoas dos parlamentares. Com isso

No entanto, na mesma noite uma decisão liminar do juiz Gustavo Procópio Bandeira de Melo, da 5ª Vara Mista da Comarca de Santa Rita, anulou os efeitos do ato da Câmara Municipal e mandou Netinho reassumir.

Decisão da Câmara
A decisão de terça-feira foi tomada por 14 votos a favor do retorno do prefeito ao cargo e cinco abstenções. O mandato de Reginaldo foi cassado no dia 25 de abril, quando todos os 18 vereadores presentes votaram pela cassação. Apenas um vereador não compareceu à sessão.

Segundo os vereadores, a cassação foi anulada sob o argumento de que o processo não obedeceu aos trâmites legais. "Foi revisto os atos da Câmara, tendo em vista as falhas no regimento durante o período de cassação que foram evidentes com a não leitura dos processos de forma integral. E aí a Câmara entendeu que deveria recuar e obedecer a questão judicial", afirmou o vereador Aurian de Lima Soares.

Reginaldo é acusado de contratar 20 parentes e de alugar imóveis de familiares para a Prefeitura. Ele foi afastado pela primeira vez do cargo no dia 20 de março. O afastamento seria por 90 dias, tempo considerado suficiente para que fossem apuradas as denúncias que pesam contra ele.
Durante esse tempo, ele conseguiu várias decisões judiciais que o autorizavam a retornar ao cargo. Porém, ele não tomou posse nenhuma vez.

Fonte: G1 PB